10 de outubro de 2019

O que é um vinho espumante

O vinho espumante é resultante da fermentação da uva sã, fresca e madura, no qual se encontra presente o anidrido carbônico – as borbulhas naturais – proveniente da sua fermentação.
Há basicamente dois tipos de vinhos espumantes, que assim são definidos segundo a sua forma de elaboração: o espumante e o moscatel espumante.

Espumante

O espumante se diferencia das demais bebidas por ser elaborado a partir de duas fermentações alcoólicas. A primeira fermentação é a mesma que se faz para produzir um vinho tranquilo, sem “bolinhas”.

Só para explicar, fermentação é o que ocorre quando a levedura que se encontra presente na uva come o açúcar, que também está presente nela, e o transforma em álcool e anidrido carbônico (as “bolinhas”).

Quando se elabora o vinho, normalmente o anidrido carbônico é liberado. Portanto, não é da primeira fermentação que que vêm as “bolinhas”. É por haver uma segunda fermentação que este produto se torna tão especial.

As duas formas mais utilizadas de se fazer esta segunda fermentação são:

  • Tradicional: a primeira, mais antiga, é denominada método tradicional ou champenoise (por que é assim que é feito em Champagne).
  • Charmat: a segunda é denominada de método charmat. O nome “Charmat” homenageia o engenheiro que introduziu o referido método na França, Eugène Charmat. Embora muitos considerem que este o tenha inventado, posto que o patenteou em 1907, há indícios de que o verdadeiro autor foi o enólogo italiano Federico Martinotti, que o teria inventado em 1895.

Show Full Content
Sem mais histórias
Próximo TOP 10 vinhos no Rio Wine & Food Festival

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Volar
Fechar

Próximo post

Fechar

TOP 10 vinhos no Rio Wine & Food Festival

7 de agosto de 2019
Fechar